O melhor dos botecos do Rio não está no cardápio

Foto: reprodução do site

Por falar em Sting, o meu primeiro grande show na vida foi justamente o dele, em 1987, no estacionamento do Anhembi. Fui com meu tio Walter, morto aos 53 (ele levava o rock a sério demais…). Na verdade eu é quem queria ver o show, ele foi me acompanhando, já que o blogueiro aqui era um molecote de 11 anos. Lembro-me que de casa ao local do show, paramos nuns três botecos para ele tomar umas cervejinhas. Eu me contentava com guaraná, coca, guaraná.

Vinte anos depois, no Rio de Janeiro, uma vez mais vendo Sting ao vivo, a botecagem ficou para o pós-show. Do Maraca, segui de táxi para o Largo do Machado, a fim de conhecer a Adega Portugália.

A dica foi do Jotabê Medeiros, crítico de cultura pop do Estadão, a quem encontrei durante o show e com quem combinei de tomar a saideira.

Naquele pedaço do Rio, entre Catete e Laranjeiras, eu já conhecia o sensacional Café Lamas – dizem que Machado de Assis freqüentava a casa.

Pois a Adega Portugália é tão bacana quanto o Lamas. Nem tanto pela comida ou pela bebida – comemos bolinhos de bacalhau razoáveis e pasteizinhos de camarão e de carne gostosos; o chope, bem, é ruim como o de 99% dos bares do Rio. Sem colarinho, é mal-tirado, servido num copo de vidro grosso.

O que há de primordial nos velhos bares do Rio, como a quase quarentona Adega Portugália, a meu ver, é o astral, o clima, o garçom figura, o freguês falastrão ou de tipo engraçado – itens que não estão listados no cardápio.

Além das mesas sob o terraço de um prédio, a Adega tem dois salões: o do balcão, no qual os fiéis comem e bebem em pé, e o do restaurante, a que se chega após atravessar uma porta vaivém, como a dos filmes de bangue-bangue. Esse é o ambiente mais legal.

Como o Jotabê deu o cano e a minha energia foi acabando lá pelas 2 da manhã, fiquei sem provar o polvo que olhava para mim ali da vitrine do bar.

Na próxima vez que voltar ao Rio, resolvo esse problema.

Adega Portugália. Largo do Machado, 30-A, Catete, Rio de Janeiro, (21) 2558-2821.

5 thoughts on “O melhor dos botecos do Rio não está no cardápio

  1. Miguelzinho, te conheço a bastante tempo e sei que conhece do riscado. Até por isso tomo a ousadia dessa mensagem. Você só pode ser um fanfarrão ao dizer que 99% dos chopes do Rio são ruins. Onde é que você andou bebendo aqui? Isso só pode ser pecado do novicidado. Não sei se sabe, deve saber, claro, mas aqui tem Bar Luiz, Bar Brasil, Bar Lagoa. Fora esses, que são centenários, Jobi, Bracarense, Pavão Azul, Picote, Nova Capela e por aí vai. Nem vou entrar nessas coisas de rede, Informal, Belmonte, Conversa Fiada, Armazem Carioca e lá vai. Pelo amor de Deus! O que é que o amigo, que conhece da parada e, assim como eu, amigo de Edu Maya e outros, tem na cabeça pra cravar uma barbárie dessas? Miguelzinho, sou paulista como você e tô morando a uns oito meses aqui. Não me dá um vacilo desses, cumpadi. Até por que, como disse, sei que conhece do assunto. Abraço e quando voltar me procure. chicos2007@gmail.com

    Like

  2. Salve Chico,De jeito nenhum quero dar trela para uma rivalidade besta entre cariocas e paulistas. Também não vou entrar em questões de rede, como você diz. Mas assino embaixo o que disse, e com base nos chopes que bebi em alguns desses bares que você cita – sem contar nos chopes meia-boca que tomo no O Caranguejo e no Cervantes. Gosto desses lugares, mas não por causa do chope. Sou igualmente fã do Jobi, do Nova Capela e de seu vizinho Bar Brasil, assim como do Bar Luiz — esses dois últimos sim, servem bons chopes. Apenas bons. Insisto: nunca tomei no Rio um chope tão bom quanto os que tomo aqui em SP. Se tivesse a chance de visitar um por dia aí, talvez revesse minha opinião. Quem sabe? Ou será que andam me levando pro lugar errado?Abraço!

    Like

  3. Caro Miguel:Com certeza andam te levando para o lugar errado. Mas não se pode negar que o melhor do Rio de fato não é o chope. São os bares com cerveja de garrafa. Um, abraço e parabéns pelo blog. Tomarei a liberdade de citá-lo no meu.Att,Juarez Becozawww.oglobo.com.br/blogs/juarez

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s