Costelas

Por que será que, em geral, as mulheres não são assim tão fãs de costela?
Desconfio que esse desgosto seja culpa do fato de que Eva não tenha ficado lá muito satisfeita ao saber que veio ao mundo a partir dessa parte do corpo do mal-acabado Adão.
De tempos em tempos ouço também que a cantora Tal e a celebridade Qual passaram pelo bisturi de algum carniceiro (santa contradição!) para que fossem retiradas uma ou duas de suas costelas a fim de melhorar a silhueta. Para quê isso?
Carnívoro que sou, além de sobrinho e neto de açougueiros, gosto demais de costela. Alguns bares e restaurantes de São Paulo preparam-na assada no bafo. Infelizmente, dessa forma ela não fica tão perfeita como se tivesse sido churrasqueada – o restaurante Baby Beef Rubaiyat, por sua vez, faz um legítimo e espetacular churrasco de costela.
O preparo no bafo consiste em envolver a carne em celofane ou papel-alumínio e levá-la à churrasqueira por horas. Ou assá-la em uma churrasqueira fechada. Dessa forma, como constata o grande Saul Galvão, crítico gastronômico do jornal O Estado de S. Paulo, ela fica com aspecto de cozida, mais mole.
Diferentemente do Saul, eu gosto de uma boa costela no bafo. Acompanhada de uma cerveja do tipo pale ale (de alta fermentação, aromas e sabores mais complexos) é um excelente petisco para um tardio almoço de sábado – ou para uma quarta-feira como hoje.
Como que numa vingança às mulheres, em 1996 foi criada em São Paulo uma confraria (http://www.acostela.org/) que se reúne todas as quartas-feiras para comer costela. Mulher não entra ou, melhor, só participa da “costelada” uma vez por ano, quando o espaço é aberto a famílias.
A idéia surgiu no Paraná, em Apucarana e depois em Londrina, de onde veio um representante para lançar a idéia aqui. Por um preço fixo, come-se à vontade e o rateio serve para cobrir as despesas. O ‘lucro’ é doado a instituições de caridade.
Em 2008 o evento vai acontecer em novo endereço – Rua Sapoti, 20, Campo Belo – a partir de 13 de fevereiro. Enquanto vou riscando os dias, e ficando com água na boca, indico alguns lugares que fazem uma boa costela.
Bafo – O Boi de Capim: Avenida do Cursino, 1708, Saúde, tel. (11) 5073-6311. Em novo endereço, funciona junto ao restaurante Frango Frito. A carne (foto), que tem certificado de procedência garantida pela associação dos produtores de nelore, é assada por 40 horas: metade do tempo direto na churrasqueira, as outras 20 horas enrolada no celofane. É servida com conservas de cenoura e de berinjela, mais farofa e vinagrete. Sai a R$ 41,30, para duas pessoas.
Cervejaria Patriarca: Rua Mourato Coelho, 1059, Vila Madalena, tel. (11) 3812-4342. Numa churrasqueira fechada, a carne vai assando ao longo de um dia e de uma noite. Ela chega à mesa sobre um réchaud. A versão padre cícero (R$ 38,80, para duas pessoas; R$ 49,80, para três), temperada com manteiga de garrafa e ervas finas, vem acompanhada de salada de rúcula, cebola, chips de mandioquinha, feijão-preto e pão francês.
Sacha Bar & Grill: Rua Original, 89, Vila Madalena, tel. (11) 3815-7665. Por R$ 34,40, a porção de costela serve duas pessoas. A mandioca cozida e puxada na manteiga é melhor ainda que a carne. A combinação da maionese caseira com o pão francês sempre crocante, outros dois acompanhamentos, é uma tentação.

2 thoughts on “Costelas

  1. Poxa, que incrível ver uma referência ao Clube da Costela de Londrina que frequentei durante anos no período de faculdade.As meninas ficavam loucas e queriam, a todos custo, saber o que rolava nesta confraria. Pior, o bando de marmanjos se reunia unicamente para comer costela.Bom saber que a idéia chegou por aqui. São Paulo sempre me pareceu uma cidade pouco apreciadora de costela, coisa que eu paranaense que sou, não consigo entender.E as indicações são ótimas mesmo. A costela no bafo do Sachinha (prefiro o bar da Pascoal Vita) é sensacional.Abraços.

    Like

  2. Pessoal,Venham apreciar uma bela costela na Costela A Original (em SP há 14 anos) no Campo Belo. Às quartas é permitida somente a entrada de homens mas 3 vezes ao ano realizamos a tradicional Costelada Mista com a presença das senhoras. A primeira Costelada Mista de 2009 será dia 06 de junho.Visitem o blog para assistirem as doações e conheçam nosso trabalho filantrópico. http://www.costelaaoriginal.com.brAbs,Fernando SegallaEquipe Costela A Original

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s