As garçonetes do Café Paris

Elas não deslizam de patins pelo salão do bar nem usam maiôs e saiotes como as garçonetes do Hooters. Duvido que tenham posado nuas para a Playboy, caso das hostesses do Na Mata Café. Improvável que, para servir pratos, bebidas e carregar bandejas, tivessem de apresentar seus books ao gerente. As garçonetes do centenário Café Paris, que existe desde 1882 numa rua próxima à prefeitura de Hamburgo, não tem os traços da Ana Paula Arosio nem o corpo da Juliana Paes. E esqueça, leitor: estão longe de ser exemplares daquela linha de montagem de onde saíram über models como Heidi Klum ou Claudia Schiffer.

Ainda assim – ou por não corresponder a nenhuma dessas expectativas – são lindas. Cada uma a sua maneira, tornam-se mais belas ainda quando se deixam notar por seus (perdão, leitoras) defeitos.

Uma delas, a que me emprestou a caneta para que eu tomasse as notas para escrever este post, vê-se logo, deve ter problemas com a balança. Coisa pouca, com a qual não deveria se preocupar. Ao deixar o primeiro copo de Duckstein (cerveja do tipo altbier, ou seja, de alta fermentação, cor vermelha), sua colega sorriu e por um segundo vi uma pedra brilhante colada num dos dentes caninos.

Magra, frágil, com um pescoço quase tão longo como o da Olivia Palito e dona de olhos grandes, arredondados e que se destacavam no rosto branquelo, a terceira garçonete, que me trouxe a segunda cerveja, o café e a conta, pareceu-me a mais graciosa de todas.

Por seu nariz, digamos, bem proeminente, se fosse retratada em uma pintura, pode ser que o artista chegasse a pensar que errou a pincelada logo ali, no meio do rosto dela. Se fosse um gênio como Vermeer, saberia que estava diante de sua moça com brinco de pérola.

Café Paris. Rathaustrasse, 4, tel. 00XX49 0403252-7777.

8 thoughts on “As garçonetes do Café Paris

  1. A temática do seu blog parece estar se “diversificando”, ótima surpresa para aqueles que apenas esperavam referências sobre os sabores e aromas europeus… de brinde os leitores vêem, através de seus olhos, a beleza espontanea das europeias e, para aqueles que apreciam (será o seu caso?), os narizes proeminentes…

    Like

  2. Michelle,Pois e, tem fotinho (tirada por mim, portanto nao espere muita coisa) mas acho que so vou conseguir postar mais adiante. POde deixar que no devido tempo darei o aviso aos navegantes.Um beijo.

    Like

  3. Concordo que a beleza das meninas não é o principal da casa… mas o que vc tem a ver com isso???Essa é uma coluna para falar sobre gastronomia… acho que vc deveria mudar sua coluna para a parte da revista que fala de beleza…A propósito, será que vc é tão bonito assim???

    Like

  4. (suspiro…) Essa minha queda por meninos que escrevem… E esse ainda por cima gosta de boteco. Não acreditava na existência de um que juntasse as duas qualidades!que meu amado namorado não me escute (ou leia), afinal, virtual é virtual, certo? Só espero não te cruzar ao vivo. Se te vejo sozinho num balcão, nem sei… não é do meu feitio, mas acho que te paquero!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s