Wiener schnitzel made in… Viena!

Com tantos cafes, bares e restaurantes de culinaria internacional, cheguei a monumental Viena com a recomendacao de provar a mundialmente famosa torta zsacher, no cafe instalado no terreo do chiquerrimo hotel Sacher, que fica atras da Opera. Foi o que fiz e, sobre essa torta, nao achei nada de mais. Ok que nao sou assim tao fa de chocolate, mas fiquei com a impressao de ter degustado apenas um bolo bem feitinho, ligeiramente umido, preparado com massa pronta de caixinha. O chantilly que acompanha a fatia e o cafe espresso estavam bem mais saborosos.

Nos dois dias que teria ali, decidi, entao, dedicar-me a outro desafio: onde eu conseguiria comer um autentico “wiener schnitzel”?

Perdoem-me os puristas, mas esse delicioso prato e uma especie de versao tirolesa para o nosso bife a milanesa (ou sera o contrario?), feita com um finissimo bife de vitela.

A tarefa, que parecia dificil, tornou-se tranquila quando me dei conta de que a cem metros do meu hotel havia um lugar perfeito: o Zum Hagenthaler.

Nesse bar-restaurante que fica proximo a Westbahnhof (estacao de trem), as mesas do bier garten ja estao ocupadas antes das 11 da manha, acreditem, por fregueses tomando as primeiras cervejas do dia. Com o calor que faz em Viena no verao, nao e de estranhar…

A decoracao da casa lembra exatamente um chale alpino, tiroles, com mesas, cadeiras e balcao de madeira pesada. No centro do salao, a chopeira ocupa lugar de honra. O biergarten (no caso, uma calcada repleta de mesas) ocupa toda a area em frente ao bar e foi ali que me acomodei.

Enquanto nao vinha o wierner schintzel, diverti-me com um copo de bier von fass (cerveja da torneira ou, va la, chope). A Zwettler e a marca da casa, leve, mas para a segunda dose decidi experimentar a cerveja do mes.

Essa ideia, de cerveja do mes, e otima, ainda mais para quem, como eu, gosta de arriscar o gogo testando novidades. Tive sorte: tomei um copao de Schlagl, que, segundo li numa inscricao impressa no copo, existe desde 1580.

Alias, uma coisa bacana aqui na Europa, quem ja veio sabe, e que cada cerveja e servida em um copo personalizado, de desenho diferente um do outro. Achei a Schlagl mais encorpada, amarga e saborosa que a Zwettler (2,90 euros o copo de 500 ml de qualquer uma delas). Entre as melhores que ja tomei. Sera que meu amigo Edu Passarelli, superexpert em cervejas (recomendo uma visita ao seu blog), a conhece?

Quando o garcom – surpreendentemente, para os padroes europeus, os garcons desse bar sao simpaticissimos – chegou a mesa com o prato, agradeci por ter pedido apenas uma porcao de wiener schntizel (10,90 euros). A quantidade era suficiente para mim e minha namorada.

Para acompanhar a carne, arrisquei ainda uma taca de vinho da casa branco (2,50 euros) que, com sua boa acidez, equilibroiu a gordura da carne empanada.

E voltei lentamente para o hotel ja que a viagem seguiria no dia seguinte.

Restaurant Zum Hagenthaler. Wallgasse 32 A – 1060, Viena, tel. 00xx43 (0) 1 5964188, www.hagenthaler.at

1 thought on “Wiener schnitzel made in… Viena!

  1. Fala Miguel, tudo bom!?Ainda não bebi a Schlagl. Fiz uma breve pesquisa sobre ela e vi que realmente trata-se de coisa fina. Em setembro devo estar por estas bandas, e vou atrás de uma!Um abraço e aproveite a viagem.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s