Cedo, em pé e de graça


Hoje, a partir das 22 horas, a cantora Tiê faz, no Studio SP, o segundo show de lançamento de seu CD Sweet Jardim. Ela toca e canta ali, aliás, também nos dias 18 e 25 de março, com entrada grátis.

A apresentação faz parte do projeto Cedo e Sentado, em que o bar leva ao palco atrações tidas como revelação no cenário musical alternativo. E num clima mais sossegado em relação à balada que costuma se seguir na casa, célebre por seus shows arrasa-quarteirão, após a 1 da manhã, ainda que seja na virada de uma segunda para terça-feira.

O novo Studio SP traz muitas diferenças em relação ao endereço que ocupava na Vila Madalena. Se naquele local os espaços eram mais bem distribuídos – área do palco num andar, chill-out no outro, terraço etc –, na Rua Augusta tudo fica concentrado numa espécie de galpão. Com pé-direito alto, o espaço abriga um bar ao fundo do salão, sob um mezanino. O palco toma quase toda a lateral esquerda. À direita, fica uma espécie de arquibancada.

Essa configuração bem que me fez relembrar do velho Blen Blen, que no fim dos anos 90 existiu na Rua Cardeal Arcoverde.

Quanto ao show de Tiê, você pode escutar a doce voz da moça aqui. Na quarta-feira passada, com casa cheia, houve quem a acompanhasse, em coro, quando entoou um cover do Balão Mágico.

É, fomos inocentes um dia.

Studio SP. Rua Augusta, 591, Consolação, tel. (11) 3129-7040.

6 thoughts on “Cedo, em pé e de graça

  1. Salve Miguel!, (eu que falei a você do Bar do Seu João). Essa semana estava lá pelos lados do centrão, mais uma vez, e com aquela sede de um bom choppinho dei uma caminhada até a Barão de Duprat e a surpesa: O Bar Barão não existe mais. Desnorteado encontrei o garçon santista, que trabalhou lá quase trinta anos (a idade pega e no momento não lembro do seu nome), na Senador Queiróz que falou que o proprietário vendeu o prédio ao chines que está preso, a mulher é quem toca o “a firma”. Certo que as autoridades não conseguem impedir os seus negócios, mas tinha que comprar aquele prédio histórico?.Mais uma triste notícia, mais uma triste perda de um símbolo de São Paulo. Concorda?. Grande abraço. José Maria

    Like

  2. Salve, Zé Maria!É uma das notícias mais tristes que recebi neste ano. Onde você encontrou o santista? Terá sido o sr. Hélio?abração!PS: vou te ligar para marcarmos uma visita anônima ao bar mais limpo do mundo

    Like

  3. Oi, Miguel. Adorei o seu blog! De primeira. Já te conhecia de nome – trabalhei nas duas últimas edições da Veja Curitiba – O Melhor da Cidade – como repórter, com a Raquel, e nem imaginava que você fosse um expert em botecos, minha paixão! Gostaria de te enviar um exemplar do meu livro, Chama o Garçom – Botecos de Curitiba e as histórias que não vêm na conta. Para você conhecer o universo botequístico curitibano…Como faço?um abraço;Marcia

    Like

  4. Olá Marcia,Obrigado por seu comentário.Será um prazer ler mais sobre os bares curitibanos. Estive aí no ano passado, muito rapidamente, e só tive tempo de tomar um chopinho no Ao Distinto Cavalheiro. Se quiser enviar um exemplar, encaminhe, por favor, aos meus cuidados, para:Redação VejaAvenida Nações Unidas, 7221, 19º andar, PinheirosCEP: 05425-902, São Paulo – SP

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s