Feio, barulhento, bom e barato

O Espeto (à esq.) em meio à sua diferenciada turma

O Espeto (à esq.) em meio à sua diferenciada turma

 

Sabe aqueles lugares pelos quais a gente passa de vez em quando, dá uma olhada no movimento e diz consigo mesmo: “uma hora dessas eu entro para ver se é bacana”?

Pois bem, faminto depois de 40 minutos de natação, ontem à tarde eu seguia pela Avenida Pompeia no sentido Heitor Penteado, quando reparei no movimento da Santa Fé Cervejaria.

Costumo passar por esse bar, que fica na esquina da avenida com a Rua Ministro ferreira Alves, de duas as três vezes por semana. Mas nunca havia parado ali. Como já era quase 5 da tarde e a probabilidade de encontrar outro lugar aberto pelos lados da Pompeia e de Perdizes era quase nula, resolvi conhecer a casa, que de cervejaria não tem nada, aliás. A carta da bebida relaciona seis ou sete rótulos apenas.

A primeira impressão, por isso, não foi das melhores. Acomodei-me numa mesa da varanda, que ocupa toda a lateral da construção, que tem paredes de tijolos à vista. Graças, porém, ao incômodo barulho dos carros, que vinha da avenida, e da gritaria de duas turmas que ocupavam a calçada, troquei de lugar e fui para a área interna.

Lá dentro a situação baixou apenas alguns decibéis, já que, além do telão ligado no jogo do Tricolor, havia uma musiquinha ambiente bem pentelha. A decoração, por sua vez, não merece nenhum registro.

Resolvi relevar essas derrapadas e pedi uma garrafa de Serramalte (R$ 5,60) para acompanhar um espetinho “diferenciado” de linguiça toscana (R$ 12,20). Ao perguntar ao garçom o porquê do adjetivo constante no cardápio, ele me disse que a razão estava na quantidade de carne que vinha nesses espetos: 200 gramas.

Foi aí que minha opinião sobre a casa começou a mudar, e para melhor. Os tais espetinhos diferenciados – depois vieram de frango, maminha e fraldinha (R$ 12,90 cada um) – desembarcam na mesa com um baita valor agregado, guarnecidos de farofa, pão, molho vinagrete e, o melhor, um prato de mandioca cozida.

Esses acompanhamentos, aliás, escoltam todos os cortes de carne servidos na chapa ou na telha, caso do cupim casqueirado (assado na churrasqueira e servido em lascas, R$ 33,90), que espero experimentar na próxima vez.

Santa Fé Cervejaria. Avenida Pompeia, 600, Pompeia, tel. (11) 2594-3426 e 3862-1124

3 thoughts on “Feio, barulhento, bom e barato

  1. Você foi lá e não comeu o Cupim Casqueirado e nem a Linguiça recheada com queijo? Ah você tem que voltar.. perdeu o que há de melhor e de diferenciado no lugar.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s