A pior padaria do mundo

Eu, que seria capaz de passar os meus dias apenas alimentado por pão (água e um tintinho também iriam bem), tenho a má sorte de morar a dois quarteirões da Bella Paulista, a pior padaria do mundo.

Pelo que percebo quando passo por perto da pior padaria do mundo, devo ser a única pessoa a achar que a Bella Paulista é a pior padaria do mundo. Afinal, a qualquerhora do dia ou da noite o salão ultrailuminado está cheio, seja numa madugada de quinta para sexta, seja numa manhã de domingo, quando há filas para servir-se no bufê do brunch, para ir ao banheiro, para pagar a conta e para conseguir uma mesa livre.

Há quem goste de começar o dia ou curtir a saideira dessa forma, mas definitivamente esse não é o meu caso.

Não tenho dúvida que a localização estratégica, a uma quadra da Avenida Paulista, aliada à conveniência de funcionar 24 horas por dia são a razão principal do sucesso da pior padaria do mundo. Ok, ok, os sandubas sarados são bons e a ala reservada aos vinhos é melhor que a de alguns supermercados.

O fato é que em quase dois anos de vizinhança, foram raras, raríssimas as vezes em que não me aborreci ou me arrependi por ter precisado dos serviços da pior padaria do mundo. Já me cobraram o preço errado por um pote de manteiga (a mais, claro), já incluíram itens na comanda que evidententemente eu não havia pedido e de grão e grão a galinha encheu o papo com trocos de 5, 10 ou 20 centavos que acabaram no bolso de alguém por falta de moedas no caixa.

Para o café da manhã de domingo passado – não, não me refiro ao serviço de brunch da casa; aliás, nunca tive o prazer de degustá-lo, simplesmente porque me nego a encarar uma espera na primeira refeição do dia, ainda mais em um domingo; estou falando do desjejum caseiro mesmo – tive de recorrer à pior padaria do mundo para comprar quatro pãezinhos e alguns gramas de frios.

Pães comprados, segui para o balcão de frios e procurei pela tabela de preços dos frios.

Não a vi exposta em nenhum lugar.

Perguntei ao funcionário, então, por ela:

– A gente vai colocar, mas pode perguntar o preço do que quiser e eu falo – respondeu-me ele, com ar de sabichão.

Acredite se quiser, caro leitor, mas recebi essa mesma resposta muitos meses atrás, na época em a pior padaria do mundo foi ampliada.

Retruquei:

– Não é essa a questão. Quero ver a tabela para poder comparar preços, ver se levo alguma coisa diferente…

E segui para o caixa, onde passei por mais amolação. Ao pegar a comanda eletrônica (e imaginando que eu tivesse gastado uma boa grana ali), a funcionária perguntou:

– Nota fiscal paulista?

– Sim – eu disse.

Como a conta ficara em R$ 2,20, pois eu havia comprado meros quatro pãezinhos – só pode ser por isso –, ela entendeu “não”.

Obviamente, saí de lá com a nota fiscal, não sei antes reclamar à gerente pela falta da tabela de preços e lembrar de outra situação que vi por lá.

Na noite do domingo semana anterior, a caminho da farmácia, tive de passar pela calçada em frente à pior padaria do mundo.

Ao cruzar a faixa de pedestres e alcançar o passeio, que naquele trecho da Haddock Lobo deve ter uns 4 metros de largura, dei-me conta que a calçada estava tomada por bancos de madeira ocupados por clientes da… pior padaria do mundo!

Não contentes em colocar bancos encostados na parede, a pior padaria do mundo resolveu ocupar mais um quinhão do espaço publico, deixando bancos também próximos à guia. Assim, de uma hora para outra, os 4 metros reduziram-se a um corredor de 1 metro, cercado também por fregueses da pior padaria do mundo, que se lambrecavam de sorvete e davam uns traguinhos em seus Marlboro e Dunhill (não vou comentar nada sobre as bitucas de cigarro).

A julgar pelo desdém com que a gerente da pior padaria do mundo ouviu minhas reclamações, eles não devem estar precisando de meus R$ 2,20. Eu que me dane, sou o pior cliente do mundo.

+ Dê sua opinião sobre a padaria Bella Paulista

60 thoughts on “A pior padaria do mundo

  1. Esse deve ser o pior cliente do mundo puta cara chato quer lugar vazio vai morar no interior la não tem gente em padaria pra tomar café, no interior se toma café na casa e ta falado!

    Like

    • Engano seu, meu caro.
      No interior não faltam boas padocas, como a Il Pannetiere, de Campinas, ou a 9 de Julho, de São José dos Campos.
      Obrigado pelo comentário (dispenso o xingamento) e volte sempre.

      Like

  2. Acho que falta muitos argumentos pra voce dizer que lá é a pior padaria do mundo. Amigo fanfarrão, uma dica: Se informe do que acontece em outras padarias, como a Dona Deola e as facadas que lá ocorreram, que verá que os problemas que citou são totalmente reversíveis perto do que podemos ver em outras padarias. Caia na real..

    Like

  3. O pior é que esses tipinhos de comerciantes estão ai aos montes, proliferam mais que formigas. Conseguem uma boa localização e não lhes faltam “fregueses”. Ocupar a via pública faz parte do seu ‘modus operandi’ pois cadê a fiscalização? Se algum fiscal aparece, toma um pingado e continua tudo com dantes no quartel… não na pior padaria do mundo. Aliás, em mais uma das piores, pois são tantas. Vamos fazer um censo?

    Like

  4. Até concordo que a padaria não seja assim das melhores mas se dedicar a escrever de forma tão mesquinha e comentar o que menos interessa tá parecendo até recalque… onde já se viu pedir nota fiscal paulista pra 4 reais??? e ainda acha que tem razão?!?

    Like

    • Cassio,

      Desculpe-me, mas, sim, tenho razão, como você terá razão se pedir a nota fiscal paulista mesmo que tenha gastado 1 real. É seu direito pedi-la, como é seu direito não pedi-la. Eu prefiro pedir e garantir um (bom) desconto no pagamento do IPVA e do IPTU. Obrigado por seu comentário e volte sempre.

      Like

  5. Muitos lugares onde a presença dos clientes é constante e até maior do que os donos esperavam tem essa política da Bella Paulista. Se o cliente (um) não quiser frequentar, outros mil estão na porta. Não há direito à reclamação. Somos números e não há ninguém treinado para nos atender.
    Há uns 4 meses, falei bem de um restaurante para amigos, o La Tavolla. Tinha ido três ou quatro vezes, e achava o custo-benefício justo. Depois de falar sobre o local para eles, fomos até lá para jantar. Mas imagine, tente escutar pancadas de demolição durante o jantar. Uma parede estava sendo quebrada no domingo à noite. Não fomos avisado. A demolição começou quando os pratos estavam na mesa. Perguntei porque não avisaram antes. O garçom sorriu com uma quase-vergonha.
    Fiquei extremamente sem graça. No dia seguinte, escrevi e-mail e comentário polido, mas reclamando, claro , no site do La Tavolla. Ninguém respondeu. Gastamos uns 50 cada um para ouvir demolição durante o jantar.

    Like

  6. concordo em gênero numero e grau, a ultima vez que fui lá foi no dia 1 de janeiro de 2008 e fui maltratado não por 1 mas por DOIS atendentes

    Like

  7. Olha que legal. Ótima essa iniciativa.
    Um espaço aberto pra todos criticarem
    =)
    aqui em #BH fazemos isso também, usando redes sociais.
    Muitas criticas solucionadas.
    Tem até a chance de apontar no mapa a critica.
    Vejam em http://miud.in/To

    Abração e vamos #criticar
    O Brasil precisa melhorar

    Like

  8. Realmente, Miguel, não posso tirar-lhe a razão. Não vou a “pior padaria do mundo” com frequencia, mas as vezes em que fui só pude desfrutar do sorvete, era a única opção que não havia fila para pedidos, das outras vezes os pedidos foram para viagem, já que a espera de uma mesa seria muito longa. Eu bem que gostaria de poder ver os salgados e doces que ficam expostos, mas nunca consegui…

    Like

    • Oi, Carol,

      Obrigado pelo seu comentário.
      Não odeio a Bella Paulista. Apenas decidi relatar as péssimas experiências que passei nas várias vezes em que precisei recorrer a ela para comprar pão, um vinho ou outro item. Como detectei problemas em mais de uma oportunidade e após reclamar aos responsáveis (e ver que a gerência da casa não está nem aí para o cliente), decidi dividir esses casos com os leitores deste blog. Volte sempre!

      Like

  9. Pode não ser a melhor padaria do mundo, mas duvido que seja pior que a Galeria dos pães na Av Estados Unidos. Atendentes mau humorados e nada capacitados gritam os números dos pedidos que chegam frios as nossas mãos, mesas ficam sujas e espremidas em um cantinho e os clientes são tão malcriados quanto os atendentes.
    Na Dona Deôla o atendimento também não é nada convidativo e não tenho a menor vontade de me demorar por lá.
    Para a fome de madrugada continuo com a Bella Paulista, ao menos lá ninguém grita comigo e como bem.

    Like

  10. Razão não lhe falta Miguel, trabalho na Bela Cintra com a Luis Coelho e diariamente passo pela Bella Paulista, cortando caminho pela H. Lobo, os bancos atrapalham a todos, na hora do almoço, simplesmente aquilo vira um inferno, para almoçar sentado numa mesa, temos que ter a paciencia de Job e aguardar toda uma fila ser atendida antes… Quando sentamos na mesa, a situação piora, o atendimento é precário, o que pensam que são os atendentes, apesar de trabalharem na “maravilhosa” Bella Paulista, eles ainda são atendentes, pelo atendimento parece até que estamos ali de graça. Concordo com você com relação a pedidos diversos daqueles que foram consumidos. Onde já se viu uma pedaço de pizza custar nada mais nada menos que R$ 4,20? Será que as pessoas comem lã para se ostentarem… na verdade me sinto humilhado indo comer lá. Concordemos que há maravilhosos pratos e o buffet de sopas é muito bom, entretanto, passar o estress de encarar uma fila monstruosa para ficar sentado lá por no maximo 30 min, porque depois já começam a lhe tirar os pratos… Por favor, né? O Sr. Snake comentou bem, o espaço entre as cadeiras, meu Deus… as vezes me sinto num albergue!!! Não poderia de deixar de comentar o atendimento do balcão, péssimo… mil vezes péssimo, a demora, as cadeiras extremamente desconfortaveis… Acho que pior do que a fila para tudo, os preços totalmente majorados, a pior coisa que há na pior padaria do mundo é o atendimento!!! Será que os atendentes não foram treinados? Ao menos adestrados?… Dificil também é ler esses comentários dos Srs. Santos e Felipe elogiando essa padaria, no minimo este povo vai fazer o passeio de final de semana para encher o bucho na padaria que lhes sugam o salario do mês, totalmente desprezíveis.

    Like

  11. Olha Miguel, amava a Bella Paulista em 2003-2004, quando foi inaugurada. Agora, com aquelas filas colossais nem me atrevo, uma tristeza. Mas não é a pior padaria do mundo. Venha à La Ville de Alphaville e talvez mude de opinião…

    Like

  12. Concordo plenamente…fui apenas uma vez…e nunca mais volto. Eu precisei implorar para ser atendido no balcão…acho que eles não queriam meus trocados.

    Recomendo a padaria Pérola…na Rua Morgado de Mateus (Vila Mariana)…para mim, a melhor padaria de SP…bom atendimento…ótima qualidade…e excelente preço. Vou lá todos os fds…tomar meu café.

    Like

  13. Fui a Bella Paulista uma única vez somente. Não tive problema e gostei muito, pretendo voltar, mas acredito em tudo que disse. Os donos dos estabelecimentos que estão sempre cheios se acham os donos do mundo, pois sempre vai ter alguém na fila pra entrar, então eles nem se preocupam com a minoria.

    Like

  14. Adorei o comentário… Acho válido…
    Tudo bem que ele pegou pesado em repetir mil vezes o termo “pior padaria do mundo”, mas temos que concordar que uma padaria do nível da Bella Paulista (que eu simplesmente adoro) deve sim prestar atenção a esta crítica e melhorar o atendimento. Clientes tem sempre a razão e esta é a visão dele. Além do mais, ele apenas usou um pouco de humor ácido e ironia fina, é legal para que os proprietários/gerentes pensem em alternativas para resolver os eventuais problemas… Ele tem direito de pedir nota paulista pro valor que ele quiser… E é muito chato ficar esperando em filas intermináveis…

    Like

  15. A Villa Grano, padaria 24 horas que fica na Rua Wizard, é, com certeza, a pior de SP. Além de todos os seus produtos serem muito ruins, os funcionários são muito mal preparados. E tudo é muito caro. Eles fazem um buffet de sopas a noite que é simplesmente intragável. Sopas muito salgados e sem sabor. Todos os produtos que não foram vendidos durante o dia eles colocam no buffet para os trouxas consumirem.

    Like

  16. Talvez não seja a pior padaria do mundo, mesmo pq a Bella Paulista deixou de ser uma padoca há muito tempo. É um restaurante modernete e caro, muito caro, pra quem deseja apenas tomar um lanche.
    Por ser um lugar muito próximo à Paulista, o almoço também é concorrido. Nunca se deixa menos de R$ 35 por uma saladinha sem inovação e um suco. O suco verde é legal, mas não vale o transtorno.
    Concordo com você que o lugar é ruim. Mas, vai por mim, tem padarias muito piores.

    Like

  17. Essa padaria e mesmo uma merda, fui la uma unica vez e os manobristas bateram meu carro e depois disseram que “ja estava assim”, nunca mais fui la. So perde o titulo depior padaria do mundo para a Deola, visto q ali ate matam o cliente. Quem escolhe essas padarias em detrimento daquela na esquina da sua casa faz uma pessima escolha.

    Like

  18. Olá Miguel,
    Se os comentários forem moderados, não precisa nem publicar, pra não rolar conflito de interesses.
    Acompanho o blog há tempos, e gostei da fúria do post sobre a Bella Paulista – a distância entre o buffet e as mesas é exígua, impossível passar por ali manejando um prato de quitutes sem esbarrar o derriere em outro comensal.
    Sobre a atitude do estabelecimento – “Aqui é assim, se não gostar vá a outro lugar”, infelizmente ainda é o padrão. Dia desses tive oportunidade de vislumbrar o outro lado do balcão – narrei a experiencia em http://blogdapimenta.wordpress.com/. Grande abraço.

    Like

  19. Concordo, concordo, concordo… a Vila Bahia é do mesmo dono e não é tão ruim assim, mas é bem mais cara. Acho que temos que voltar a cultura da padaria de bairro msm, não essa coisa megalomaniaca que está NA moda nas padarias de sp; infelizmente não posso negar que na madruga são das melhores opções para uma larica…

    Like

  20. para fugir de tanto transtorno seria bom o sr.dar um pulinho em s.b.campo,na padaria kennedy,pois o tratamento a atencao e exatamente o oposto,serve tambem como uma voltab para espaiirecer.abs.carlos.

    Like

    • Olá, Carlos,

      O ABC é um tanto longe de casa, mas logo devo aparecer na região, já que vamos começar aa produzir, aqui em VEJA, a edição deste ano de VEJA ABC “Comer & Beber”. Obrigado pela dica e pelo post. Volte sempre!

      Like

  21. Isso porque você não foi ao Viseu, marque o nome ao chegar, espere uma mesa desocupar, quando já tem quatro mesas vagas a hostess do lugar brinca com um mágico (sim o estabelecimento contratou um mágico para entreter os clientes)”Depois das cartas faça eles (nós clientes do lado de fora do estabelecimento)desaparecerem. Eu me recolhi a minha insignificância e desapareci mesmo, fui pra outro lugar.

    Like

  22. Gente, é só um lugar aberto ao público… pra que esse ódio coletivo??? É só escolher ficar com a cólera em casa e curtir tv. Ninguém obriga vcs ficarem esbarrando o derrier onde não querem…

    Like

  23. Olha, eu também detesto a Bella Paulista e faz anos que não vou lá. O que mais me incomoda é o fato de estar sempre muito cheia e barulhenta. Mas se está sempre muito cheia, é porque deve estar longe de ser a pior do mundo. Aquele lugar é um ponto de referência que atrai muitos turistas e pessoas que acabaram de ser “acolhidas” pela capital, e por isso é inevitável que fique lotada e badalada. Aos nativos de São Paulo, cabe eleger novos “points”, que vão atrair cada vez mais e mais visitantes para a nossa cidade! Inclusive acho que seria mais elegante seu blog desempenhar esse papel do que falar mal só por falar, como se esses problemas que você apontou fossem tão graves assim ou exclusivos daquele lugar. 😉 Abraços!

    Like

  24. Caramba, preciso dizer que você é o blogueiro mais chato do dia (não poderia dizer que é “do mundo” porque não conheço todos, ao contrário de você que conhece todas as padarias).
    Sem contar que o seu texto é muito do chatinho, viu.
    Tome uma colherada de Olina pra ver se passa o amargor.

    Like

  25. Por falar em desrespeito, aproveito para contar o meu caso aqui… A situação é a seguinte: moro no Brooklin Novo, quase na esquina das Ruas Conceição de Monte Alegre e Padre Antônio José dos Santos. Aqui perto temos um bar (Blend Bar), e uma boate (Shadows Club – que é a que mais nos dá trabalho). De quarta a sábado, não se tem paz. A partir das 22h, começa o barulho, e não tem hora para acabar.

    O problema é o mesmo nas duas casas: falta de isolamento acústico adequado. Inúmeras foram as vezes que liguei para reclamar – no bar, até que são respeitosos, pedem desculpas, mas nunca resolvem o problema do barulho. Já na boate, sou completamente ignorada. Não sei como a Prefeitura concede licença de funcionamento a estes estabelecimentos – aparentemente qualquer pessoa pode abrir um bar ou uma boate onde bem entender e fazer o que quiser.

    Na última quinta-feira, cheguei a mandar viatura policial até essa tal Shadows Club. Os policiais podem fazer uma advertência, chamar a atenção para o problema do barulho etc. Mas para se ter uma solução efetiva, teria que ir até o local, e, acompanhada dos responsáveis pelo estabelecimento, prestar uma queixa na delegacia. Acabei não fazendo, pois não queria me expor, e, pelo amor de Deus, eram 3h da manhã de uma quinta-feira!!! É um absurdo, inadmissível!

    Além disso, já fiz 5 denúncias entre os dias 13.01 e 26.01 no site da Prefeitura de SP, no PSIU. Até agora NENHUMA providência foi tomada. E eu continuo aqui, seguindo por mais uma madrugada sem dormir direito. E justamente no dia em que chegou o carnê para pagar o IPTU – diga-se de passagem razoalmente mais caro.

    Like

  26. Miguel, eu não conheço a “sua” pior padaria do mundo, mas conheço a “minha”. Na esquina das Av. Giovanni Gronchi com Rua Charles Chaplin. Carros estacionados na calçada – para passar à pé é preciso ficar de olho em parachoques, engates, e buracos (que eu não sei porque a prefeitura não notifica para que o estabelecimento arrume); carros estacionados no meio fio – tente sair de casa pela Charles Chaplin em qualquer hora do dia, lá estão os “manobristas” orientando os clientes para deixar o carro de qualquer jeito em qualquer lugar – a rua estreita, de passagem, não comporta carros estacionados de qualquer jeito (alô CET: um bom lugar prá multar); depois da reforma, é preciso dizer, a padaria ficou bonita, com muitas delicias de encher os olhos, mas cadê o preço por quilo na balança? “ah! o quilo disto ou daquele é tanto ou tanto” e você que faça a conta prá saber quanto está gastando (nunca ninguém me explicou porque não aparece o preço); comanda com registro daquilo que você não comprou? era coisa mais comum (hoje não sei, como você só vou lá se for uma emergência absoluta, já que os preços praticados são bem salgados). Ah! lamentavelmente, bem na frente da padaria há uma enorme loja de artigos infantis, que, habitualmente, também tem a sua própria “muvuca”.
    ACReis

    Like

  27. Sempre que quero comidinhas diferentes para um café, vou lá. Mas realmente, está sempre cheio e as filas de espera são insuportáveis. Agora, quem acha que o buffet é variado, tem coisas gostosas, vá mais de uma vez e verá que é tudo a mesma coisa, os mesmos bolos, mesmos pães, não tem nada de novidade. Não vou dizer que é a pior, mas poderia ser um pouco melhor.

    Like

  28. Caos instalado. Até de final de semana não existe paciência e educação dos atendentes. Cadê a tal da gentileza, dos atendentes e dos clientes?

    Like

  29. tambem acho essa padaria muito ruim. um desperdicio usar um ponto tao bom com um lugar desses…. fui 2 vezes e nao volto mais. o atendimento era pessimo e o chocolate com chantilly foi um dos piores que tomei na vida. o chantilly estava azedo e o chocolate parecia toddynho. horrivel.

    Like

  30. Os lancheteiros gritam o nome do sanduíche no balcão enquanto você tenta chegar lá para buscá-lo desviando da faxineira que varre o seu pé com uma porção de sujeira junto e, ainda, colocam o prato de outros clientes na sua comanda e, quando você reclama com o gerente êle está prontinho para travar uma discussão com você e ameaçá-lo… Cuidado gente, não reclame… Na Galeria dos Pães da Rua Estados Unidos.

    Like

  31. Já fui ameaçada pelos gerentes porque reclamei do meu lanche que estava, por três vezes, completamente diferente do que havia pedido e as mesas imundas e ninguém recolhe os pratos e copos que o cliente anterior deixou… Os gerentes parecem “leões de chácara”…E dá a impressão que vão te agredir, porque juntam-se todos os gerentes na hora da discussão que êles mesmos provocam… Galeria dos Pães…Quer confusão? É la o lugar apropriado!

    Like

  32. Os lancheteiros gritam o nome do sanduíche no balcão e você tenta buscá-lo, desviando das faxineiras que varrem o seu pé com uma porção de sujeira junto…Colocam a despesa de outros clientes na sua comanda e, quando, você reclama para o gerente, êle está prontinho para travar uma discussão com você e ameaçá-lo… Na Galeria dos Pães da Rua Estados Unidos.

    Like

  33. OLHA EU ACHO A BELLA PAULISTA MEIO CAFONA,MAS EH SUPER GOSTOS COMER LÁ E EU NINCA FUI MAL ATENDIDO,SEMPRE FUI ATÉ RETIRADO DA FILA PARA SENTAR,MAS SERÁ QUE É PELA MINHA APARENCIA(BRANCO,ALTO,OLHOS AZUIS,SARADO,CABLO CASTANHO CLARO)?MINHAS ROUPAS,GERALMENTE ARMANI,ERMENEGILDO ,MINHA PASTA LOUIS VUITTON,SAO EDUCADÍSSIMOS COMIGO,TENHO PAVOR DESSA NOTA PAULISTA(NAO VOU DAR SATISFAÇAO DO QUE GASTO PARA O GOVERNO),E DEPOIS ACHO TUDO BARATÍSSIMO LÁ,NUNCA PERGUNTEI PREÇO DE NADA.

    Like

  34. Olha só, tb não sou muito fã da Bella Paulista, pois não gosto da massa dos pães de lá, sempre com muita gordura, e assim como o colega, moro nas redondezas. Por isso, dou uma dica sobre o melhor pão do mundo (veja bem, não se trata de melhor padaria, muito pelo contrário ela até que é bem acanhada), mas a dita-cuja fica na Rua Peixoto Gomide, entre as Ruas Herculano de Freitas e Barata Ribeiro. Para quem vai de carro, fica do lado esquerdo. Todas as vezes em que fui comprar pão lá sempre fui muito bem tratada, e o pão francês, sempre quentinho, é simplesmente DIVINO!

    Like

    • Olá, Clara,

      Obrigado por seu comentário e por sua dica. Vou conferir. Ali nos arredores, acho que o pão imbatível é o da Padaria Aracaju, em Higienópolis. Mas o melhor do mundo, a meu ver, é o da Padaria Folar, no bairro do Pari.

      Um abraço e volte sempre ao blog.

      Like

  35. Encontrar um lugar tranquilo para se comer em SP realmente e uma proeza, a nao ser que o lugar seja ruim…
    O problema de la e o grande movimento.
    Parece que ele deve ser um concorrente kkkk

    Like

    • Olá, Rita.

      A questão não é só a tranquilidade.
      Mas do respeito e da atenção nenhum cliente deve abrir mão!

      Obrigado pelo comentário e volte sempre ao blog.

      Like

  36. gente ate concordo em parte, com este comentário.

    Porem o que discordo piamente eh com o Comentário do Sr. Cassio Artichian:
    Cara pelo q sei nao existe valor minimo para solicitar uma NFP, e outra coisa direito é direito.
    Portanto solicitam NFP sobre qualquer valor….

    Like

  37. Olá André! Tudo bem?

    Você mora aqui em Sampa ou na Place Vendôme?
    Acha mesmo que os atendentes irão descobrir que as suas
    peças de vestuários são Armani, Ermenegildo ou LV…
    Acoooorda amor! Querer ser identificado em todos os lugares de uma cidade como SP pelo que se veste é difícil …Principalmente por garçons… Sabe André, não sei se você sabe mais tá ASSSIIIMMMMOHHH!!! de falsificações que nem a Elianinha Tranchesi suspeitaria.
    Fique calmo. Um conselho gratuíto: Vá a Paris, Milão, Tókio,
    New York e Dubai. Ah! Se puder passe por Moscou também, tem lojas ótimas! Se for tirado da fila porque algum “garçom”
    viu seu potencial chic, fique alerta! Pode ser um brasileiro em férias fazendo uma graninha básica para retornar a nossa querida Terra Brasilis…
    Aliás, você já leu os jornais de hoje? Tem tanta coisinha acontecendo: Darfur, Região Serrana do Rio de Janeiro, a eterna Gaza, Cisjordânia, as Farc’s, pré-sal, tiroteio de extrema direita no Texas (cruzes!), e etc.etc.
    Acorda Cara! Com ou sem Armani a Padaria é uma das piores do mundo.
    Olha Miguel, não moro mais em Sampa e sim em Natal, mas conhecia a dita cuja dessa Padaria, já deixou muita gente pdavida em casa. É horrível e carésima pelos produtos, concordo com o amigo aí de cima, era ou são R$ 35,00 por uma saladamixa e um suquinho básico. Por isso só comprava na Barcelona. Pegava minha filhota na FAAP e ia pra casa morrendo de felicidade.
    Miguel:
    Pior que ela, só uma em Lisboa chamada “As Pastorinhas”.

    Kisses

    Like

  38. Concordo plenamente com o texto! A Bela Paulista até já foi um lugar agradável (há muito tempo atrás), hoje é um dos piores programas de São Paulo. Barulhenta demais, cheia demais, iluminada demais, fila de espera para sentar no meio do corredor, fila de espera até no banheiro. Por duas vezes, já tive que devolver o pedido que veio errado. Na última vez que estive lá (em 2009), tive que pedir um refrigerante 4 vezes até conseguir recebe-lo, e claro que me cobraram 3 refrigerantes na comanda! Também nunca consegui comprar nada no balcão de pães porque perdia a paciência com a lentidão e a desorganização das atendentes. E outra coincidência (ou não), nesta última vez que estive lá, a mocinha do caixa me perguntou se eu queria nota fiscal paulista e eu respondi que sim, mas ela também entendeu não…

    Like

  39. Bah bem que me disseram que paulista é chato mas que nem tu bahhh… Ta loko guri tu é muito xarope. TABELA DE FRIOS?? Pelo amor de Deus… Pra que??? Tu deve ser esse tipo de cara que fica contando as moedas, pedindo 2 ou 3 fatias de queijo, pede 3 reais de presunto e se da 3,10 tu pede pra tirar uma fatia. Coitado do gerente que tem que perde o tempo dele com as tuas reclamações ridiculas…. Aposto que tu anda de CITROENNNNNNN hehehehehe

    Like

    • Olá Melissa,

      Pois é, sou chato, sim, ando de Citroën de vez em quando (é o carro da minha mulher), dou valor ao meu dinheiro e exijo, também, um atendimento decente em qualquer lugar que seja. Mas, bah, não me leve tão a sério. Nem você nem eu merecemos perder tempo com isso, certo?

      Like

  40. Pior do mundo não sei, mas eles se esforçam pra tentar chegar lá…
    Também acompanhei a inauguração da Bella Paulista, tempos em que o atendimento era bom.
    Do público não me queixo, mas chegar ao balcão e ver três atendentes conversando sobre jogo de futebol e deixá-lo esperando sem o menor constrangimento (esse é o treinamento que a Padaria alega dar aos funcionários), e quando você os interrompe para pedir o cardápio ser tratado com descaso????
    Além do fato de você pedir um chocolate batido e receber um com um pedaço de plástico dentro do copo (nov/11), que chega a entupir o canudinho por onde estava tomando?? Desgosto… falta de higiene e cuidado com o preparo dos alimentos…
    Ou você ir a padaria (17/03/12) pela primeira vez após o episódio do plástico no copo, tomar a mesma canseira dos atendentes que ficam batendo papo, fazer seu pedido e após 15 minutos não receber nada… fui cobrar o atendente que olhou junto ao “chapeiro” e disse que o pedido sequer foi feito, mas não dá solução ao problema (falta de preparo) e ele ainda esbraveja e coloca a culpa em outro garçom…. isso que no sábado às 8:45 da manhã existiam dois ou três clientes para cada atendente do balcão… isso sim é lamentável…
    Como costumo colocar no Twitter e Facebook… não sei porque insisto em ir a tal lugar… talvez por estar localizada do outro lado da rua de minha empresa?? Bom.. quem sabe… talvez ano que vem volte pra me aborrecer mais…

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s