Fado com patanisca – no Canindé!

954814_466159180136960_1178683665_n

Foto: divulgação / facebook.com/caisdoportotaberna/

Vamos comer pataniscas?

As pataniscas são pedaços, iscas de bacalhau desfiado, passadas na farinha de trigo e no ovo, e temperadas com salsinha, sal, pimenta e azeitonas descaroçadas.

Já ouvi duas versões da origem desse petisco: uma que seria a região da Estremadura e outra, a região do Porto de Lisboa, onde os mercadores de bacalhau vindos da Galícia, ao norte, jogavam fora as aparas do peixe e o pessoal mais pobre que vivia por ali reaproveitavam esses restos, até que criaram essa pequena maravilha.

Visualmente, lembra os bolinhos de arroz que nossas avós, pelo menos a minha, faziam com as sobras do almoço ou do jantar do dia anterior.

Em São Paulo, o primeiro lugar em que provei as pataniscas foi a Taberna do Cais do Porto, que fica no Canindé, na sede da Portuguesa de Desportos, a querida Lusa.

É um lugar muito acolhedor, simples, e que serve cozinha portuguesa tradicional. Nas noites de quinta a sábado – que é quando eu recomendo uma visita -, a dona Teresa Pires, dona da Taberna, nascida na região de Trás-os-Montes, faz apresentações de fado.

Boa pedida para esta noite, que tal?

Taberna do Cais do Porto. Rua Comendador Nestor Pereira, 33, Canindé, Portuguesa de Desportos.

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s