O chope do Xará

Foto: Antonio Rodrigues

Estive ontem no Chopp do Miguel, em Moema. Não voltava lá desde julho de 2007, quando fui conferir a qualidade do chope por conta da eleição da edição Comer & Beber da Vejinha, da qual fui jurado.
Conheci a casa oito anos atrás por indicação do meu amigo Cacalo Kfouri, que também apresentou a mim o saudoso Choppinho’s, na Alameda dos Arapanés. Da primeira visita até hoje, tenho que o chope dali é um dos cinco melhores de São Paulo, ao lado dos servidos no Original, no Léo, no Amigo Leal e no Frevo.
Com decoração levemente inspirada em construções da Bavária, a casa é especializada em cozinha alemã, mas prepara uma feijoada que atrai gente aos sábados, além de bons pratos triviais.
E é a trivialidade e a simplicidade que fazem o sucesso do bar aberto em 1975 por Miguel Eugênio, um ex-garçom do restaurante alemão Konstanz.
Meu xará morreu em 1995 e dizem que ele era um sujeito boa-praça, que recebia e conquistava a simpatia do freguês agraciando-o com uma canequinha de steinhäeger.
Com a morte de Miguel, os funcionários assumiram a responsabilidade pelo negócio e o mantiveram de pé. Uns cinco anos atrás abriram uma filial nos Jardins – mas, não sei, ela não faz nem cócegas na matriz…
Confesso que o chope, servido em tulipas de vidro fino, estava irregular. O primeiro veio aguado e com pouca espuma. Os demais – parei no quarto – foram corrigidos.
As receitas da cozinha foram preservadas e continuam sendo bem-feitas. Os pasteizinhos de camarão, de carne e de palmito são tão bem recheados que, se você pedir uma porção inteira, correrá o risco de não querer comer mais nada. Peça, portanto, meia- porção mista (com seis unidades, duas de cada sabor).
O mesmo vale para os bolinhos: encare meia-porção, com três de carne e três de bacalhau, estes também no pódio entre os campeões da cidade.
Quanto ao bolinho de bacalhau, vai uma dica: abra-o com calma, ao meio, e observe os fios do peixe de uma metade se desligando dos da outra. Repare que a mistura entre bacalhau e batata é, portanto, equilibrada. Regue a meia-lua de bacalhau com duas gotas de pimenta e, aí sim, prove e comprove o que digo.
Para a sobremesa, São Paulo 1 X 0 Rio Preto.

Chopp do Miguel. Avenida Moema, 829, tel. (11) 5051-8732.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s